Já classificado na Copa Sul-Americana, o São Paulo recebeu o Ayacucho na noite desta quarta-feira (25), no estádio do Morumbi, e venceu por 1 a 0. Na partida, válida pela sexta rodada da primeira fase da competição, Caio, estrela da base tricolor, foi o autor do único gol. 

Com o resultado, o São Paulo soma mais três pontos, chega aos 16 e segue vivo na luta pela melhor campanha da competição, o que dá direito a disputar todas as partidas de mata-mata em casa, com exceção da final, que é disputada em jogo único e em estádio neutro.Já o Ayacucho se despede da competição continental com quatro pontos conquistados, somando uma vitória, diante do Jorge Wilstermann, e um empate contra o mesmo adversário.

O jogo

A partida do São Paulo não começou da melhor maneira. Repleto de jogadores formados da base e que tiveram a primeira oportunidade no elenco principal, o Tricolor não conseguiu ser efetivo no que se propôs a fazer. Bastante lenta, a equipe teve algumas boas chances, principalmente com Caio, que colocava velocidade no time. Outro que se destacou foi Beraldo, que teve boas chances individuais. Apesar disso, o time pecava nas finalizações e acabava sendo desarmado pelos jogadores adversários.Em contrapartida, o Ayacucho não levou perigo à meta de Thiago Couto, que praticamente não trabalhou nos primeiros minutos de jogo, sem grandes riscos.

Já no segundo tempo, Rogério Ceni realizou algumas mudanças e colocou mais um jogador experiente e que não foi formado na base do Tricolor. Rigoni entrou em campo no lugar de Léo Silva para dar mais velocidade ao ataque da equipe.

Aos poucos, Rogério foi colocando alguns atletas que disputam as partidas como titulares, como por exemplo Igor Vinícius, que entrou no lugar de Toró. Mesmo assim, o São Paulo pouco criava.

Aos 15’, Talles fez novamente uma boa jogada e encontrou Rigoni. O camisa 7 saiu em velocidade e cruzou para Juan que estava dentro da área, mas o atacante não chegou a tempo para finalizar. Essa foi a melhor oportunidade do Tricolor na partida.

O Ayacucho teve uma boa oportunidade aos 21’ após um erro da zaga do São Paulo. A bola sobrou para Magallanes, que arriscou um chute de fora da área. A bola passou bem próximo ao gol.

Mas a noite realmente era dos meninos da base. Aos 25’, Maioli fez o levantamento dentro da área, a defesa do Ayacucho se atrapalhou e a bola sobrou para Caio, que ajeitou e mandou para o fundo da rede. Esse foi o primeiro gol como profissional do jogador do Tricolor.

O Ayacucho até tentou realizar algumas mudanças para buscar o empate, mas não foi o suficiente. O São Paulo seguiu controlando a partida e evitando que os peruanos chegassem ao gol, finalizando a partida em 1 a 0.


FICHA TÉCNICA
São Paulo 1 x 0 Ayacucho
Local: Estádio do Morumbi - São Paulo
Data e hora: quarta-feira (25/05), às 19h15 (de Brasília)
Público e renda: 16.696 pessoas / R$478.699,00

Árbitro: Carlos P. Benítez (PAR)
Auxiliares: Roberto Cañete (PAR) e Jose Villagra (PAR)

Cartões amarelos: Magallanes, Toledo, Páucar (Ayacucho)

Gol: Caio aos 25’/2T (São Paulo)

SÃO PAULO: Thiago Couto; Lucas Beraldo, Miranda e Luizão; Léo Silva (Rigoni), Pablo Maia, Luan (Maioli) e Talles (Palmberg); Toró (Igor Vinícius), Juan (Alisson) e Caio. Técnico: Rogério Ceni.

AYACUCHO: Vidal; Salazar, Quina, Magallanes e Toledo; Páucar (Parodi), Barrios (Rebagliati) , Techera (Olascuaga), Romaní (Sebastián Gonzales) e Guidino; Royón (Morales). Técnico: Alejandro Apud